BARCO ROBÓTICO IRACERMA

O Barco Robótico IRACEMA (Instrumentos Robóticos Autônomos para Coleta de Dados E Monitoramento Ambiental), foi desenvolvido para operações autônomas, com capacidade de execução de tarefas de sensoriamento científico, coleta de amostras e monitoramento de reservas ambientais.

Pode executar missões em zonas costeiras e águas interiores como rios e lagos ou represas e tem embarcado um conjunto de sensores que permite a realização de missões típicas de monitoramento ambiental.

O barco executará a navegação pela rota especificada de maneira autônoma, segundo a missão, mas terá opção de pilotagem por controle remoto pelo operador quando necessário.

O Barco é formado por uma plataforma de casco duplo tipo catamaran que proporciona alta estabilidade e área útil para equipamentos. É propelida por um par de propulsores elétricos operando em modo diferencial. È dotado de um sistema de pilotagem com três modos de pilotagem:
Manual; Controlado e Autônomo: que permite a execução de missões pré-programadas de maneira autônoma. Através de software de programação e controle de missão pode ser programada uma derrota através de waypoints marcados sobre um mapa geográfico na tela permitindo também o acompanhamento da missão em tempo real. A missão é acompanhada em tempo real pela estação base que pode, a qualquer instante, interromper a missão e alterá-la ou abortá-la. Permite que o barco seja monitorado e comandado remotamente através da Internet. Esta flexibilidade de operação e monitoramento permite que equipes de pesquisas de instituições em qualquer lugar do país ou estrangeiras possam participar das missões programando, operando, coletando dados ou acompanhando o desenrolar das missões, possibilitando que o barco Iracema possa operar como um laboratório aberto com operação multiusuário. O Barco Iracema foi concebido com sistemas flexíveis de alimentação, de interfaces de comunicação e com disponibilidade física de acomodar equipamentos e sensores em sua plataforma náutica.

Em sua configuração normal, o sistema tem embarcado vários sensores necessários para a avaliação e monitoramento ambiental. Os principais sensores que poderão ser embarcados são:

  • Sistema de sonda multiparamétrica com 12 parâmetros de qualidade de água: Condutividade atual e específica; Salinidade; Sólidos dissolvidos totais; Resistividade; Densidade; Oxigênio dissolvido; ORP; PH; Temperatura; Profundidade; Pressão absoluta de coluna de água.
    Sistema Side – Scan para levantamento topo – batimétrico de fundo;
  • Anemômetro acústico digital para medida de velocidade e direção de vento;
  • Ecobatímetro: Posição GPS; Temperatura da água; Profundidade; Mapa batimétrico;
  • Estação metereológica embarcada:
    Velocidade do vento; Direção do vento; Precipitação pluviométrica; Pressão atmosférica; Temperatura; Umidade relativa;
    Os dados obtidos pelos sensores são armazenados no computador de controle de equipamentos científicos para futura análise e serão também transmitidos via rádio, em tempo real, para a estação de controle de missão localizada em uma posição remota. Outros sensores poderão ser embarcados.

AGRADECIMENTOS

As instituições envolvidas no desenvolvimento do Projeto IRACEMA agradecem ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações – MCTIC pelo apoio financeiro através da FINEP – Financiadora de Estudos e Projetos e ao CNPq com a concessão de bolsas de pesquisas, e ao Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior – SECITECE pela disponibilização de infraestrutura, apoio e suporte às equipes e instituições do estado, permitindo que o projeto pudesse alcançar seus objetivos situando o Estado do Ceará como polo de desenvolvimento de robótica aquática e automação no Brasil.